27 dezembro 2014

Anime: Sora no Woto

 

E aqui chegamos com um anime maravilhoso! ♥ Sora no Woto foi o ápice da minha Maratona de Férias. Nunca assisti um anime tão lindo, em vários sentidos. Vim trazer uma resenha básica sobre ele~ ♦ Juro que no início pensei que seria bobinho e simples, mas acabou virando algo completamente diferente.
Sinopse: Sora no Woto se passa no futuro em uma Terra que, depois de ser marcada por longas guerras, entrou em um calmo período de declínio. Sorami Kanata é uma menina de 15 anos que realiza seu sonho de se alistar no exército e se une a uma unidade de cinco meninas que protegem uma fortaleza que paira sobre uma pequena vila. As garotas também tocam música que ecoa através do céu sobre cidades sem pessoas e mares sem peixes.



Muito bem, vamos começar. A protagonista do anime é essa da ilustração da postagem - Sorami Kanata, de 15 anos. Depois de ouvir um soldado tocar trompete, ela fica fascinada, e decide se alistar para aprender - como escolas não existem mais, uma das únicas opções para isso seria o exército, já que trompetes são necessários para dar sinais variados. E é assim que ela termina como integrante do Pelotão 1121, que tem apenas garotas.
O anime se passa no futuro. Depois de longas guerras, a tecnologia avançada foi esquecida, regredindo para algo próximo do início do século XX. Passa-se no país fictício Helvetia (que na verdade é a Suíça), onde as pessoas escrevem em francês e seus inimigos falam alemão, embora sejam romanos. Em suma, o anime é todo uma grande mistura de culturas diferentes - inclusive, segundo um site, os pratos nos quais as protagonistas comem são de diversos cantos da Europa. Não chegam a mostrar o motivo de tal mistura, mas a minha teoria é que o mundo meio que se "dividiu ao meio" e misturou tudo durante as guerras. Um cenário pós-apocalíptico. O mundo ficou todo misturado.


A animação é linda e fluída, não deixa o traço perder sua beleza em momento algum. Aliás, o traço é suave e marcante, extremamente parecido com o da Kyoto Animation (meu estúdio preferido ever), e por incluir música na trama faz muita gente comparar com K-ON!, mas eu acho completamente diferente. Embora tenha uma pitadinha de moe (e de ecchi), as protagonistas estão no meio de uma guerra, gente. Elas não têm tempo para serem fofas e despreocupadas. Todas tem a tristeza da guerra cravada em seus corações.
O anime começa relativamente calmo, tão calmo quanto se pode ser no meio de uma trégua de uma guerra cujos tratados de paz estão meio decadentes. Os primeiros episódios tratam dos conflitos internos de cada personagem, conflitos da cidade de Seize, confusões nas quais se metem os personagens - em suma, o cenário básico é desenvolvido ali, mas de um jeito tão viciante que você não consegue parar de assistir. Não é um slice-of-life bobo. É cheio de drama e melancolia, pontuado por uma linda trilha sonora nas horas certas. E, depois que o cenário básico é desenvolvido, surpreendentemente, a trama anda. Coisas acontecem - mas se eu falasse quais já seria spoiler...

 

Eu sempre digo que o tema de uma obra é importante. O cerne da história, o objetivo de tudo - a mensagem que ela passa, que ela obrigatoriamente acaba passando. E Sora no Woto (cuja tradução seria Som do Céu, ou algo do gênero) trata simplesmente de seguir em frente, algo absurdamente difícil no meio de uma guerra. E cada personagem tem uma guerra interna. Pode parecer um tema clichê, mas temas clichês viram coisas lindas se bem lapidadas, e é o caso deste anime. Você não pensa "nossa, que chato". Você vibra.
Porque todos os personagens precisam deixar seu passado e seguir em frente. Alguns conseguem mais do que outros, e é um sucesso, enquanto existem aqueles que não conseguem de forma alguma se desvencilhar da própria história.


As personagens são encantadoras, todas elas. Começando pelas principais: Kanata, Noel, Felicia, Rio e Kureha. Todas tem uma história e um desenvolvimento que acontece durante a trama. ♦ As personagens secundárias também são uma gracinha, e você sente que aquele é um mundo bem-feito com pessoas de verdade.
A trilha sonora é absurdamente encantadora. Toca principalmente Amazing Grace, no trompete, e sempre que ela aparece é algo grandioso em nossas mentes. Só assistindo o anime pra entender a sensação.
Sora no Woto não é pra qualquer pessoa. Precisa ter uma grande sensibilidade pra entender, sabe? Muitas coisas que acontecem no anime podem parecer defeitos, mas com um pouco mais de atenção você percebe que estão ali por outro motivo. Acho que rever esse anime seria uma boa, um dia. Me ajudaria a perceber ainda mais coisas sobre a trama...
Enfim, cinco estrelinhas, de cinco. Parece que eu comecei a minha Maratona de Férias com a bola toda, hein? Tomara que os outros animes da lista sejam bons assim!

[12 episódios e 2 OVAs]

Nenhum comentário:

Postar um comentário