10 junho 2015

De volta para casa, coração




Me leve de volta para casa
coração medroso
Enquanto a chuva cai sobre a cidade
gotas escorrem pela minha janela
e parecem lágrimas

Flores desabrocham no jardim
e o orvalho acaricia suas pétalas
Fechada em mim mesma, eu observo
mas não posso interagir com nada que não é meu

Me leve de volta para casa
coração ocioso
A chuva parou, mas a tempestade continua
com a estrada impedida, nem mesmo eu posso atravessar

As pessoas gritam, choram, o caos predomina
e eu grito, choro, faço o caos predominar
Cada um está afogado demais nas próprias lágrimas
para olhar em volta e presenciar a extensão dos próprios sentimentos

Eu perdi o caminho de casa
meu coração fugiu de mim, embrenhou-se na floresta
Como João e Maria, ele tentará encontrar a melhor saída
e, como João e Maria, acabará na casa da bruxa má

Dentro da minha cabeça, tudo está em ruínas
se eu abrisse os olhos, veria tudo como realmente é
Mas, se o fizer, parecerá pior ainda?
por via das dúvidas, vou continuar de olhos fechados

Não me leve de volta para casa, coração
A bruxa sou eu mesma, e eu vou te devorar
se você tentar fugir, se perderá na floresta
dará de cara comigo outra vez, e morrerá

Adeus.


Este foi basicamente o único poema sem rimas que eu já escrevi. Eu o fiz em meados do ano passado, e só o postei agora, porque eu sou muy loka mesmo. Deuses, esse poema ficou emo pra caramba.

2 comentários:

  1. No começo eu gostava de poemas (sério mesmoo), tipo, lá para entre os meus 9-13 anos. Nem sei quando comecei a gostar, acho que foi quando minha professora pediu para que fizéssemos um, e no final eu fui elogiada, pois segundo ela, tinha encontrado uma "futura escritora" (affs, nem tanto *-*). Depois disso eu comecei a escrever alguns poeminhas, vez ou outra, e até ler alguns poemas de . blogueiras. Só não me arrisco a ler um livro todo nesse gênero, pois acho que não gostaria tanto... acho que sempre vou preferir romance sobrenatural/distopia!... Enfim, pois bem, eu gostei do seu poema. (Genteee eu não rimarrr) Adorei <3
    Besos ~

    ResponderExcluir
  2. Nossa, eu amei.Sério.Sou doida por poesias( e escrevo também, ahahah) e eu me imaginei ai,sabe.Foi mais do que sentir.Me transportei para o mesmo lugar e senti exatamente a mesma dor.De ser apenas mais um sentimento em meio ao multidão.

    Sério.Eu amei :)


    beeijos ^^
    http://carolhermanas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir